Bolo sobremesa low carb

Eu estava com muita vontade de comer um bolo de chocolate, de aniversário mesmo, mas não queria comer desses de padaria que são cheio de industrializados.

Na verdade, queria algo impossível: um bolo de chocolate que não engordasse.

Eu já coloquei aqui no blog um bolo de chocolate sem trigo. A receita do bolo já está neste post aqui. Mas eu queria confeitado, esse estava sem graça para mim naquele momento. E não queria usar leite condensado nem chantilly industrializado. Tampouco queria usar ganache, pois queria algo para contrastar com o chocolate, e não mais chocolate.

O que eu fiz:

Assei o bolo em uma forma redonda e desenformei em um prato de bolo. Bati

  • 500ml de creme de leite fresco
  • 3 colheres (sopa) de açúcar

e fiz um chantilly natural quase sem doce. Coloquei em cima do bolo e salpiquei passas e amendoim torrado picado (poderia ser amêndoa, castanha de caju, castanha do Pará…).

E comi bem geladinho. Nossa, ficou muito bom! Hahahaha

DIY Casa para tartaruga

Muitos têm receio de adotar um bicho de estimação por causa do trabalho que eles possam dar. E dão mesmo! É comida, água, cuidado, atenção, limpeza, vacina, ufa!

Quando fui comprar essa tartaruga, umas das coisas que mais vi nos sites que pesquisei era: “antes de comprar uma tartaruga lembre-se que elas vivem mais de 30 anos”! Kkkkkkk Um bicho desses é para sempre!

Mas, gente, sério, não dá trabalho nenhum! Ela fica lá, na dela, nadando, nadando. É muito relaxante ver ela nadando! Só me preocupo em dar comida uma vez ao dia e lavar o aquário quando está sujo.

Essas tartarugas chegam a 30cm quando adultas, o que demora uns 6 anos. Essa minha é filhote ainda, mas a casa dela estava pequena então resolvi fazer um local maior para ela viver. Não gastei quase nada, e ficou bem legal. Se a banheira fosse transparente, ficaria melhor ainda, mas como já tinha essa, resolvi aproveitar.

Tartarugas tigre d’água são aquáticas, mas precisam de um local seco para esquentarem seu sangue. Geralmente isso se consegue com uma lâmpada própria, mas aqui em casa tenho fartura de sol (graças a Deus!), por isso montei sua casa na varanda onde pega sol a manhã toda.

Para fazer a “piscina”:

  • Banheira de bebê
  • Pedras grandes para o fundo (se forem pequenas ela engole hahahaha)
  • Pedra grande para ela subir
  • Flores e folhas artificiais (se forem de verdade ela pode comer)
  • Filtro para aquários (eu não coloquei, então tenho que trocar a água toda semana; com o filtro a água fica sempre limpa sem precisar trocar)
  • Lâmpada própria
  • Termostato

Não pode usar areia ou pedras pequenas pois ela engole, da mesma forma que plantas de verdade. Pode deixar o fundo sem nada, mas as pedras ajudam a segurar a sujeira no fundo e manter a água limpa mais tempo.

Como fiz:

  • Primeiro, lave bem todas as pedras. Arrume primeiro a pedra grande no centro da banheira e espalhe as outras ao redor. Arrume as plantinhas e instale o filtro, a lâmpada e o termostato conforme instruções da embalagem. Aqui na minha cidade é muito quente, então a água da tartaruga não fica fria, por isso não uso termostato. Mas se você mora em lugar frio, tem que colocar pois a tartaruga não aguenta frio. A lâmpada também não uso pois como disse antes, tenho fartura de sol aqui. Se a tartaruga ficar em local que não pegue sol, é imprescindível a lâmpada, pois a tartaruga precisa do calor e dos raios emitidos pela lâmpada para se manter saudável. Encha com água sem cloro (se usar água da torneira, pingue algumas gotas de anticloro, que é um produto próprio para tirar cloro da água. Muito baratinho e vendido em lojas que vendem peixes. Mas, se você não conseguir o anticloro, é só deixar a água reservada em alguma bacia ou balde por uns dias antes de colocar no aquário, dessa forma, o cloro se dissipa e não faz mal à tartaruga. É importante que a água esteja livre de cloro e em temperatura adequada antes de colocar a tartaruga dentro.

E pronto! Tartaruga feliz com a casa nova: